segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Tudo que repousa nas prateleiras da biblioteca é criação humana. A criação humana é uma criação menor. Prisão ou liberdade de pensamento, criação menor, o fruto do intelecto humano é apenas parte de tudo que há por todo espaço geofísico que se pode notar. Das profundezas dos mares e do planeta a mais longínqua estrela, criação maior. E há mais coisas no céu e na terra, Horácio, do que sonha a tua filosofia.¹ Filosofia, cria da existência. Se a raça humana for exterminada nenhum livro de nada servirá, existindo ainda as bibliotecas com suas máquinas de café e toneladas de papel que o Senhor Seu Tempo devorará pacientemente, até que se constitua outra espécie que domine e escravize antes do último raio de luz que iluminará este planeta abençoado, se. Os livros existirão mesmo que não viva quem os leia.

Um comentário:

Lilian Chinem disse...

Quanta coisa por aqui! muy bien, muy bien...
Essa da mão direita é uma tragédia. Uns anos atrás, tentei começar a escrever com a mão esquerda...o foda é perder totalmente o ritmo do pensamento demorando cinco minutos pra escrever "estou".
O bom do caderninho talvez seja você se ver por fora, e isso é tão lindo quanto aterrorizante...desembaçar algum espelho...

Keep on rockin´ rolling,
besos